Vamos imaginar que ao amostrar um sinal qualquer, tenhamos obtido a seguinte sequência:     e, num exercício de poderes psíquicos (ou matemáticos, preferívelmente), desejássemos estimar sua próxima amostra. Como poderíamos proceder? – Chamamos um vidente? – Usamos o Olho de Agamotto?…

read more