Em meados de 2018, os pesquisadores da engenharia eletrônica da UFS voltaram suas atenções aos, assim chamados, narizes eletrônicos, que são geralmente construídos com a combinação de sensores de gases variados. Em particular, o professor pesquisador Lucas Molina, com o apoio dos pesquisadores Elyson Carvalho, Jânio Canuto e meu também, construiu o protótipo de nariz eletrônico mostrado na figura abaixo.


Em seguida à montagem do protótipo, iniciamos experimentos de aquisição de sinais relacionados a substâncias voláteis (recipientes com essas substâncias também são mostrados na figura). Assim, a cada experimento realizado, um conjunto de seis sinais de tensão elétrica (um sinal de cada sensor) foi obtido e guardado em arquivo de computador. Alguns desses arquivos estão disponíveis nos ‘links’ abaixo.

 

Acetona

Alcool72gl

Alcool96gl

GasIsqueiro

Gasolina

QueimaPapel

 

Os gráficos de sinais (como aqueles na chamada a esta postagem) são interessantes para quem está acostumado a analisar representações de sinais no tempo, mas o BioChaves sempre está buscando formas de aproximar a Ciência da linguagem informal e, se possível, divertida. Assim, fizemos o seguinte experimento:

a) Convertemos cada uma das tensões elétricas medidas nos 6 sensores (no nariz eletrônico) em 6 sinais harmônicos na faixa entre 100 Hz e 1000 Hz, logo, numa faixa de sinais de áudio, através da modulação em frequência e amplitude de sinais senoidais. Ou seja, cada medida de tensão foi associada a uma nota musical.

b) Codificamos os sinais gerados para substâncias voláteis, e também para algumas substâncias que queimamos no laboratório (não façam isso em casa!) em arquivos de áudio.

Os arquivos obtidos podem ser escutados nos ‘links’ abaixo:

  • Acetona:
  • Álcool 72gl:
  • Álcool 96gl:
  • Gás de isqueiro:
  • Gasolina:
  • Queima de papel:

Como a finalidade deste experimento foi sugerir uma percepção auditiva daquilo que (ainda) não pode ser transmitido pelo computador, colocamos os oito sinais em um só arquivo de áudio, de forma que a comparação entre sons (logo, entre cheiros) se torna de fácil cognição.

  • 1 – Acetona, 2 – álcool a 72 gl, 3 – álcool a e a 92 gl, 4 – gás de isqueiro, 5 – gasolina, 6 – queima de papel:

 

Sobre o Autor

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1992), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e doutorado em “Automatique Et Traitement Du Signal” pela Université Paris-Sud 11 (2000). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Sergipe. Tem experiência na área de interface entre Ciência da Computação e Engenharia Elétrica, com ênfase em Processamento Digital de Sinais e Reconhecimento de Padrões, atuando principalmente nos seguintes temas: clustering, processamento de sinais dinâmicos e estimação de informação mútua aplicados à biometria e à televigilância médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.